segunda-feira, 29 de março de 2010

Sentiu um friozinho na barriga hoje?


AmorDepois de algum tempo o coração já não bate com tanto ansiedade, a rotina diária, o extresse, as contas e muitas outras coisas. Nos levam a esquecer a parte mais importante da vida, o amor.
 Cada dia que passa se torna um sonho distante e nossas forças vão rareando até se tornar pó.
Viramos fantoches de grifes de luxo e de alguma maneira isso nos fatisfazem. Dia após dia saimos à procura de alguém que nos faça tremer nas bases e pra nossa surpresa nada, nadinha, somente pessoas superficais.
Nos divertimos vendo tv, jogando, blogando e ouvindo música, mas nada substitui o bom e velho hábito de paquerar e seduzir. Forma mais rara hoje em dia de se conquistar, usando o msn e digitando ilusões vamos flertando com o máximo de parceiros possíveis, gerando encontros frios e previsíveis, afinal sem nenhuma afinidade balbuciamos algumas palavras e mãos à obra o tempo urge.
Felizmente nem sempre é assim e tem horas que as pernas tremem, as mãos suam, a voz some e ficamos paralizados, sem chão, sem ar...aquela pessoa em especial te faz perder a postura e suar frio.
Ah... Como é bom se sentir apaixonada e viva, as forças voltam como se fosse mágica e mergulhamos nesse mar desconhecido e nadamos até chegar na ilha do amor. Deixando as preocupações do lado de fora e amando perdidamente essa pessoa especial que apareceu de repente num dia comum sem que esperássemos.
Não se dê por vencida muitas coisas podem acontecer e viver é pura magia.








sábado, 27 de março de 2010

O Encontro

Pulei eufórica da cama naquele bonito dia de primavera.
Eu tinha um
combinado de sair com minhas amigas da faculdade, como de costume nos aprontávamos na casa da Deise, pois morava mais próxima do centro. Ao todo éramos em cinco. Linda a patricinha mimada, Joana a revolucionária, Deise a quebra galho, Monica a fofinha e finalmente eu, Gabriela a sedutora.
 HomensE assim fomos curtir a night numa boa, fui a sorteada e naquela noite eu não beberia, voltaria para casa dirigindo. Lá pelas tantas já toda suada e um pouco molinha já de tanto dançar ele surgiu de repente, me olhou diretamente nos olhos como se dissesse: estou aqui me devora. Nem precisei pensar tasquei logo um longo beijo naqueles lábios rosados e carnudos. Foi mágico e eu claro, queria muito mais daquele desconhecido. Pensei camisinha na bolsa, spray de pimenta e pilúla do dia seguinte caso a camisinha estoura-se. Fui a toallet e disse as meninas que arrumassem alguém para levá-las para casa. Verifiquei minha lingerie e tudo certo, vermelha a cor da paixão. Decidimos ir a um motelzinho na estrada e pedimos um quarto maravilhoso com hidro e luzes de efeito. Eu me sentia uma virgem ante aquela beldade de olhos negros penetrantes e sedutores. Roger me beijou a nuca suavemente e foi descendo, descendo, ai acho que não vou aguentar por muito tempo essa tortura, para Roger senão eu...ufa foi por pouco, agora é a minha vez.
Passei as mãos pelos seus cabelos negros e o beijei docemente bem devagar e fui aumentando a intensidade até ele implorar para que eu parasse de rossar meus quadris em sua virilha, já em ponto de explodir de tanta vontade, me rendi e deixei-me levar, foi tirando minha calcinha com os dentes e eu gemendo sem parar, soluçava ante tamanha satisfação...
Enfim ele se encaixou nos meus quadris e o frenezi foi tanto que nos inundamos de prazer minutos depois. Me senti completa, satisfeita e embriagada por aquele cheiro que tomava o ambiente.
Dizem que se um homem não te liga depois de um encontro é porque a achou ruim, não é bem assim...
Mas o Roger me ligou uma, duas, três vezes, sua útima ligação foi da Itália para saber como estava eu o nosso bebê.
Nem sempre o amor segue as normas, às vezes os romances começam de trás para a frente igual nos filmes.
Sensuais










quinta-feira, 25 de março de 2010

Um amor para toda vida

Tristeza
Se eu pudesse beijaria tua boca
Acariciaria tua pele, sentiria de leve e sem pressa sua doçura
Quero sentir você em minhas carnes...Forte, meigo e doce

Julguei-me incapaz de tê-lo, que nada
O impossível no campo do amor não existe,
somente há obstáculos a serem alcançados

Me faça tua mulher, esposa e amante e serei-te fiel para toda vida...
Sou tua e nunca serei de outro se não for neste vida que seja então em outra...

Te amarei para toda eternidade...
Meu Imperador romano, não sabes o bem que me fazes...
Tuas vestes transmitem a paz, e meu coração continua ardendo em chamas

Por ti que te ocupas de coisas vãs e passageiras
Vamos cavalgar lado a lado e sorrir pela dádiva da vida
Aproveitemos a oportunidade que nos foi dada

E me conceda essa singela cortesia
Seja meu homem o meu tudo e mais nada
No pomar de nossas vidas haverá frutos doces

E abelhas espalharam por toda terra nossa alegria
Vem ficar aqui ao meu lado cavaleiro
Não consigo ser feliz sem você ao meu lado

Meu sonho, meu mundo, meu tudo...
 Se preciso for te direi mil vezes
 Eu te amo, eu te amo, eu te amo...

Gabriel Joaquim dos Santos "Arquiteto de Sonhos"

·   Eu tenho um pensamento vivo. ·   Sonho pra fazer e faço. ·   A casa depende do espírito, é uma casa espiritual. ·   Aquelas fl...