domingo, 4 de março de 2012

quem ama não perdoa, só enterra o passado com jumbo... 
É como se jogasse de pá em pá a esperança de regastar aquele tempo perdido, impossível. 
Siga em frente...Ninguém muda o passado!

Nenhum comentário:

 Olhem lá, a mãe abandonou a filha na rua... Um espetáculo digno dos dias que vivemos! Sejamos sinceros, quem aqui já não abandonou algué...