terça-feira, 26 de março de 2013

Montagem

O tempo não me assusta, os anos que percorri até aqui foram bons. Já passei dos quarenta e o coração bate na cadencia dos vinte. Cabeça feita, vivo de acordo com o que acredito, não critico, não julgo, não condeno. Tenho minhas fraquesas confesso, já escorreguei muito...levei uns par de sai da frente. E ainda estou aqui, lutando e conquistando meu espaço. O engraçado é que passei metade da minha vida tentando me ajustar as outras pessoas. Tinha receio de que os outros não me vissem com bons olhos, depois de um tempo observei que não importava o que eu fizesse a opnião era sempre a mesma, então resolvi mudar. Dos pés a cabeça a mudança foi radical, priorizo as decisões e não faço nada que vá na contramão do que penso. Vejo a vida de forma otimista, tudo tem uma razão de ser. E quando tudo da errado me sento e medito.

Nenhum comentário:

Lá vem a vida me convidando para sorrir... Desculpe, estou sem vontade. Lá vem a vida me convidando à dançar... Desculpe, não aprendi ...