quinta-feira, 7 de julho de 2011

cintilante...



O brilho no olhar, mergulhando fundo nàlma
Um mistério que envolve a ténue linha da realidade e do surreal
Desabrocham sentimentos que confundem todo o ser
Daí em diante o coerente não mais existe e resta apenas se entregar e sofrer.


                                                                                                                                   Eugenia

Nenhum comentário:

Lá vem a vida me convidando para sorrir... Desculpe, estou sem vontade. Lá vem a vida me convidando à dançar... Desculpe, não aprendi ...