quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Interior


Quero beber do cálice da vida, sentir o sabor que há atrás das cortinas serradas do futuro 
Ficar extasiada de paixão e esquecer-me do tempo que ronda lá fora  
São tantos mundos a explorar, pura imaginação sem tirar os pés do chão 
como será bom caminhar contigo, os pés descalços no sertão e verdadeiramente saber o que é ser um brasileiro.



Nenhum comentário:

Lá vem a vida me convidando para sorrir... Desculpe, estou sem vontade. Lá vem a vida me convidando à dançar... Desculpe, não aprendi ...