sábado, 3 de dezembro de 2011

Quando não há mais o que fazer, ergo meus olhos aos céus e imagino quantos mistérios se escondem por detrás das nuvens!

Nenhum comentário:

 Olhem lá, a mãe abandonou a filha na rua... Um espetáculo digno dos dias que vivemos! Sejamos sinceros, quem aqui já não abandonou algué...