sábado, 3 de dezembro de 2011

Quando não há mais o que fazer, ergo meus olhos aos céus e imagino quantos mistérios se escondem por detrás das nuvens!

Nenhum comentário:

Lá vem a vida me convidando para sorrir... Desculpe, estou sem vontade. Lá vem a vida me convidando à dançar... Desculpe, não aprendi ...