quinta-feira, 3 de março de 2011

Acima de tudo


É difícil, o coração dói tanto. Transborda emoções nunca sentidas e vividas.

Gostaria de acreditar em minhas afirmações... Deixar de sentir feito mágica.

Queria ser mais forte, racional, menos emotiva. Sou assim não sei mudar, ao contrário eu não seria...

Passar por todas essas circunstânias difícies que me divide entre ser filha, companheira, mãe e mulher.

O meu lado mulher sobressaindo frente as outras e me permitindo vivenciar novas experiências.

Houve um tempo que deixei de se importar comigo, tudo era igual, nada mudava, as horas escorriam ligeiras.

Hoje tenho pressa de viver, sorrir sinceramente, sem mágoas e nem rancor. Tenho muito de ruim pra deixar pra trás... Deixo por terra o que passou. Já é tempo de me perdoar por tudo que não fiz e não consegui realizar...

Felizmente, já não dou importância as pequenas coisas que juntas se tornam uma avalanche de emoções contrárias.

Sigo em frente agora, não me importo com que o destino me reservou, vou vivendo... Mas agora sinto o doce agradável da vida, sigo o caminho que meus pés me levam,

E que minha estrada seja longa e que a vida seja plena... Ainda há muito a ser visto e vivido.


2 comentários:

Edson Carmo disse...

Querida amiga Eugenia(Gheni),

Você já é tudo o que você busca ser. Se você ainda não sente isso, é porque ainda não aceitou. Às vezes, tudo parece escuro, mas isso não é porque a luz está apagada, e sim porque os olhos não estão abertos.

Tão somente abra os olhos, você verá!

Feliz dia da Mulher. Abraços do amigo,

Edson Carmo

Gheni disse...

Boa noite meu amigo Edson
Às vezes é díficil enxergar quando os olhos estão vendados.
Tem razão, preciso sentir para conseguir ser.

Um grande abraço

Lá vem a vida me convidando para sorrir... Desculpe, estou sem vontade. Lá vem a vida me convidando à dançar... Desculpe, não aprendi ...