sábado, 5 de setembro de 2009

FÊNIX

HOJE EU ACORDEI LEVE, FELIZ COMO HÀ MUITO TEMPO NÃO ME SENTIA.
NESSES ÚLTIMOS DIAS PUDE ABRIR MEU CORAÇÃO PRA SENTIMENTOS QUE EU JULGAVA EXTINTOS.
ENTRETENTO A VIDA REVELA SURPRESAS A TODO TEMPO...POR MUITAS VEZES FOI EU QUE PROVOQUEI A MAIORIA DOS MEUS FRACASSOS, NÓS TEMOS O DOM DE SER PESSIMISTAS AO EXTREMO. MAS ISSO AGORA FICOU NO PASSADO, FIZ UM EXAME DE CONSCIÊNCIA E ACHEI A FONTE DE MINHAS ANGÚSTIAS.
FUI UMA FRUSTADA, TINHA BELEZA, HOMENS À VONTADE, DINHEIRO E AINDA ME SENTIA VAZIA, OCA. NEM O CASAMENTO E A MATERNIDADE ME FAZIAM SENTIR COMPLETA.
AGORA PASSADOS OS ANOS PERCEBO QUE ME SENTIA ASSIM POR NÃO FALAR O QUE PENSAVA, AGIR CONTRARIADA... REPRIMIR MEUS SENTIMENTOS E IGNORAR AS EVIDENCIAS.
EU ACHO QUE A TERAPIA É UM BOA CONSELHEIRA NESSES MOMENTOS DE DÚVIDAS.
EU NÃO FIZ, MAS DEVERIA TER PROCURADO AJUDA EM OUTROS TEMPOS.
COMO SEMPRE LEIO BASTANTE, NÃO ME APEGANDO A AUTORES E SIM AS PALAVRAS PUDE REFAZER CONCEITOS ANTIGOS ENRAIZADOS NO MEU GEITO DE SER...MUDEI O COMPASSO DE VIDA E PASSEI ACREDITAR NO FUTURO REAL, SEM PASSAR NO CAMINHO DE UOTRAS PESSOAS E RESPEITAR A OPNIÃO DO PRÓXIMO.
ME SENTIR ASSIM É SER UMA FÊNIX, NASCER DE NOVO... E PODER SE SENTIR INTEIRA...
SE ENTREGAR AO UM MUNDO REAL, POSITIVO ONDE EXISTE SOFRIMENTO E DÚVIDA MAS TUDO NA DOSE EXATA. A MEDIDA QUE SIGO EM FRENTE POSSO SENTIR A BRISA FRESCA BATER NO MEU ROSTO SEM REMORSOS, DESESPERO, TRISTEZAS.
FIQUEI NUM BURACO POR ANOS À FIO ESPERANDO QUE ALGUÉM ME TIRASSE DE LÁ, DOCE ENGANO.
EU MESMA TIVE QUE CAVAR A SAÍDA E NÃO VOU NEM OLHAR PRA TRÁS PARA VER O TAMANHO DO BURACO...

Nenhum comentário:

TREM BALA- Ana Vilela (LETRA)