sábado, 18 de dezembro de 2010

Deixa a Vida me Levar Zeca Pagodinho

glitters
Eu já passei por quase tudo nessa vida
Em matéria de guarida espero ainda minha vez
Confesso que sou de origem pobre
Mas meu coração é nobre, foi assim que Deus me fez


E deixa a vida me levar (vida leva eu)
Deixa a vida me levar (vida leva eu)
Deixa a vida me levar (vida leva eu)
Sou feliz e agradeço por tudo que Deus me deu


Só posso levantar as mãos pro céu
Agradecer e ser fiel ao destino que Deus me deu
Se não tenho tudo que preciso
Com o que tenho, vivo
De mansinho, lá vou eu


Se a coisa não sai do jeito que eu quero
Também não me desespero
O negócio é deixar rolar
E aos trancos e barrancos, lá vou eu
E sou feliz e agradeço por tudo que Deus me deu


E deixa a vida me levar (vida leva eu)
Deixa a vida me levar (vida leva eu)
Deixa a vida me levar (vida leva eu)











2 comentários:

jair machado rodrigues disse...

Oi Eugenia, adoro Zeca Pagodimho e acho a letra desta música tão verdadeira, quase filosófica, como uma dica de como poderíamos nos comportar diante da vida...Gostei.
ps. Um imenso abraço

Eugenia disse...

Olá meu amigo.
A música transforma tristeza em alegria, às vezes nos trás boas lembranças da infância ou nos faz recordar um velho romance.
Essa música tem muito a ver comigo otimista que sou, raramente me deixo levar pela tristeza.
Um abraço forte e um fim de ano maravilhoso.

Lá vem a vida me convidando para sorrir... Desculpe, estou sem vontade. Lá vem a vida me convidando à dançar... Desculpe, não aprendi ...