sábado, 8 de janeiro de 2011

Meditações de Amor

O que quero dizer quando falo “amor verdadeiro”? Quero dizer que só estando na presença do outro você subitamente se sente feliz, apenas estando juntos você fica extático, apenas a presença do outro preenche algo profundo em seu coração... alguma coisa começa a cantar em seu coração, você entra numa harmonia. Somente a presença do outro lhe ajuda a ficar junto; você se torna mais individual, mais centrado, mais baseado. Isso é amor.
Muitas angústias, muitas ansiedades – você será capaz de superar todas elas, e seu amor estará florescendo cada vez mais, porque todas essas situações se tornarão desafios. E seu amor, superando-os, ficará cada vez mais forte.

Amor é eternidade. Se estiver presente, então ele vai crescendo cada vez mais. O amor conhece o princípio, mas não conhece o fim.

2 comentários:

Maria Marluce disse...

É , o amor nos comove, nos dá alegria, o outro nos completa, mas também traz a dor e saudade. Amei seu escrito.

Eugenia disse...

Um coração puro tem sempre muito para dar e receber, a maioria dos meus posta trata desse assunto. tenho medo de metornar repetitiva mas não consegui evitar.
Adorei sua visita, volte sempre que puder.
Um grande abraço

Lá vem a vida me convidando para sorrir... Desculpe, estou sem vontade. Lá vem a vida me convidando à dançar... Desculpe, não aprendi ...