sábado, 29 de outubro de 2011

Quem exerce muitos papeis, na verdade não desempenha nenhum...

Um dia eu sonhei que faria diferença nesse mundo, queria ser médica, não gostava de ver os sofrimento das pessoas pela tv. Depois eu cresci um pouco e percebi que muitos dos males que as pessoas passavam por vezes eram provocados por eles próprios mesmos, então meu sonho de ser médica mudou, agora desejava ser comissária de bordo, conhecer e mundo e ver com os meus olhos, o que as pessoas fazem umas com as outras. Até que finalmente cresci e pra quem começou a vida querendo ser médica, decide pois fazer psicologia, para entender minha cabeça e a dos meus parentes que a cada dia pareciam mais loucos. O tempo foi passando e nada de faculdade, me formei em forno em fogão e meu conhecimento é autodidata, das muitas disciplinas que almejei, nenhuma delas se encaixava na minha vida inventada. Agora sou apenas uma só pessoa, com muitas faces, mulher, negra, mãe e sozinha...

Nenhum comentário:

Lá vem a vida me convidando para sorrir... Desculpe, estou sem vontade. Lá vem a vida me convidando à dançar... Desculpe, não aprendi ...