terça-feira, 25 de outubro de 2011

Sozinhas

Apaguem as luzes, não quero nenhum raio de luz. Desejo ficar só, com minha dor. Eu e ela de mãos, juntas, consumindo uma a outra, na clausura, na penumbra, no inferno...  



Nenhum comentário:

Lá vem a vida me convidando para sorrir... Desculpe, estou sem vontade. Lá vem a vida me convidando à dançar... Desculpe, não aprendi ...